sexta-feira, 10 de setembro de 2010

Metodologias ágeis

Estou a algum tempo coordemando alguns projetos e uma das minhas metas é executar um piloto de metodologias ágeis, alguns Sprints depois já conseguimos ver o horizonte.

Uma ponto muito importante na implantação de uma nova metodologia, principalmente a ágil, é preciso ter em mente que é um processo iterativo/evolutivo. Demora um pouco até entrar na rotina mas uma vez que entra é fácil se acostumar com a flexibilidade, agilidade e visibilidade na evolução do projeto.

Outra coisa ótima é o acompanhamento com os pontos das estórias e o gráfico de Burndown. Você consegue acompanhar dia a dia como está a sua previsão de entrega em relação ao que foi previsto, alem de criar um histórico de velocidade da equipe em relação ao tipo de projeto, plataforma, linguagem, etc, o que é um ótimo combustível para planejamentos de novos projetos. A pouco passamos por uma "estimativa" que utilizamos os dados históricos para prever o tempo de desenvolvimento.

Outra coisa que percebi, na prática, é que a équipe é um diferencial. Se você tiver a equipe engajada, o projeto chega lá. É preciso deixar claro os objetivos que se deseja alcançar na entrega e ter o cliente acessível para uma dúvida ou outra.

Um comentário:

  1. Inúmeras são as vantagens que métodos ágeis possuem, principalmente, de caráter humano, mais importante do que ferramentas e processos. Mas, como gestão de pessoas é muito delicado, comprometimento é primordial quando nos aproximamos cada vez mais de equipes autogerenciadas.

    ResponderExcluir