sexta-feira, 30 de outubro de 2009

Código Coletivo

Uma das coisas que mais me preocupam nos ambientes de desenvolvimento de software é o aparecimento do "super" programador. Normalmente esse fenomeno se dá quando algum software ou rotina complicada se apresenta e não há, na melhor das palavras, disponibilidade de encarar a tarefa, quando se encara surge o "super" programador.

Várias metodologias modernas de desenvolvimento de software resa por praticas que visam difundir o conhecimento do código, auto documentação e testes. A programação em par é uma dessas técnicas.

Uma técnica também muito útil é a rotatividade de equipe. Um sistema não deve ficar eternamente na mão de um único desenvolvedor, mas a equipe tem que variar, disiminando o conhecimento do sistema pelos desenvolvedores.

Recentemente vi um apresentação do Google IO sobre o míto do programador gênio, bem interessante e faz refletir sobre alguns aspectos comuns nas equipes de desenvolvimento de software.

Nenhum comentário:

Postar um comentário